Bem vindo ao Sítio da Mata

0
Nenhum produto no carrinho.

0

A PRIMAVERA CHEGOU : TODO SITE COM 60% OFF!*

Custos e Rentabilidade do Bambu

Custos do Bambu

Os custos do bambu irão variar de acordo com a forma de plantio, se direto ou mecanizado e também, pela escala da plantação, custos de mão de obra, local e insumos.

Para se ter uma ideia, os custos do bambu para o plantio de até 10 hectares, será de aproximadamente R$ 3.800,00 por hectare para plantio direto, enquanto o plantio mecanizado, com uso de máquinas agrícolas, gira em torno de R$ 5.000,00.

Rentabilidade do Bambu

Muitas variáveis entram em cena quando se trata de produção agrícola. Chuvas, temperaturas, adubação, calagem e manejo também influenciam a produtividade. Para o bambu não é diferente, apesar de ter alta produtividade e ser uma planta rustica que se adapta até mesmo a solos com pouco nutrientes.

Para estimarmos a rentabilidade do bambu em uma plantação, devemos levar em conta os custos e receita. Os custos do bambu podem variar (como dissemos antes), dependendo do tipo de plantio (direto ou mecanizado), mão de obra, insumos na região e distância do centro consumidor.

Basicamente pode se obter uma rentabilidade do bambu variada dependendo do produto, mas podemos dizer que bambu para arquitetura e construção gera um considerável valor agregado trazendo grande rentabilidade com TIR de 37%, em media.

Isto ocorre devido a grande escassez desse produto no mercado, no qual há uma pequena oferta para uma demanda reprimida. Uma vara de bambu tratado é vendida a R$ 10,00 por metro linear, por exemplo.

Na outra ponta, temos o bambu com alto valor agregado, utilizado para gerar energia, na fabricação de carvão briquete, onde o bambu concorre com outras biomassas e seu diferencial esta na produtividade por área (incremento médio anual de matéria seca). Neste caso, existe vasto um mercado, tanto na indústria quanto logística, com considerável peso, sendo que o esforço deve ser feito para minimizar os custos na plantação e aumentar os ganhos.

Nós do Sitio da Mata, já realizamos alguns projetos e simulações no qual a rentabilidade para cavado (para geração de energia) gira em torno de 20%, em media.

Entre produtos de pequeno e alto valor agregado mencionados acima, existe ainda uma vasta gama de produtos intermediários como, palitos, moveis, pranchas, revestimentos, artesanato, entre outros.

A rentabilidade do bambu vai depender sobre tudo da administração da plantação, o bambu é uma planta perene de crescimento rápido, que pode estar pronta para uso em diferentes períodos aos 30 dias, para alimentação, de 6 meses a 1 ano para artesanato e cestaria, aos dois anos a planta está pronta para usar como ripas e em paredes e a partir do terceiro ano é possível usá-la para estruturas em construções, laminado, colado e piso, entre outros.

Além disso, após o 4º e/ou 6º ano a colheita pode ser feita anualmente e como a multiplicação se dá de forma vegetativa, a manutenção é mais simples que outros tipos de plantas e madeiras (concorrentes diretas do bambu). Ou seja, uma boa administração garante uma rentabilidade do bambu constante, independente de quais fins comercias será dado a planta.

NOVOS PRODUTOS! CLIQUE AQUI
voltar ao topo