Bem vindo ao Sítio da Mata

0
Nenhum produto no carrinho.

0

PROMOÇÃO IMPERDÍVEL : TODO SITE COM 60% OFF!*

Mercado Brasileiro de Bambu

O mercado brasileiro de Bambu ainda é incipiente e o motivo é simples: não há bambu suficiente destinado ao uso comercial para atender de forma satisfatória a demanda existente. A maioria das empresas que trabalham com essa matéria-prima encontram dificuldades no fornecimento, gargalos logísticos, além da falta de padronização.

Real

No Brasil há 258 espécies de Bambu divididos em 35 gêneros, o que corresponde a cerca de 20% do total de bambus do mundo, segundo a lista de Espécies da Flora Brasileira.

Recentemente o Sitio da Mata fez uma pesquisa de mercado com objetivo de mensurar o tamanho do mercado brasileiro de bambu, quantidades comercializadas por ano, preços e futuro. Entramos em contato com cerca de 80 empresas que trabalham com essa matéria-prima em diversos estados e as principais conclusões foram:

  • Falta de Oferta do Produto no Brasil;
  • Falta de Padronização no Fornecimento;
  • Os Preços Atuais são Elevados e, Por Vezes, Abusivos;
  • Otimismo Generalizado Quando ao Futuro do Bambu no Brasil, Pelo Lado da Demanda ou Empresas Que Trabalham com Bambu;
  • Beneficiamento do Bambu é Importante Para Durabilidade do Produto
  • A Espécie de Guadua Angustifolia Tem Grande Potencial Para o uso em Arquitetura e Construções, Pois Contém Pouco Amido, é Retilíneo, de Fácil Manejo na Colheita e com Boa Performance de Crescimento em Climas Tropicais e Sub-Tropicais.
  • Oferta de Bambu

    Sabe-se que a atividade de florestas plantadas do Brasil é dominada pelo eucalipto (mais de 6 milhões de hectares), principalmente para celulose, madeira processada ou serrada. Adicionalmente, existem iniciativas recentes de plantio de pinus e madeiras nobres.

    Com relação ao bambu, há uma atividade pequena no Brasil, com 30.000 hectares no Maranhão para papel e celulose (espécie especifica) e menos de 400 hectares de bambu para construção, artesanato e moveis plantados de forma esparsa pelo centro oeste, sudeste e sul. Recentemente novas iniciativas têm surgido no sentido de aumentar este modesto mercado.

    Obra de Bambu

    Alguns países da América latina, incluindo o Brasil, (floresta amazônica acreana), ostentam uma grande floresta natural de bambu com mais de 180 mil km² do gênero Guadua.

    O mercado de bambu ainda está engatinhando no Brasil, apesar disto, segundo o Presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Bambu, Guilherme Korte, a maior plantação de bambu comercial do mundo encontra-se no país.

    Por ser uma planta perene, de rápido crescimento e de fácil regeneração, a produção de bambu pode continuar por mais de 30 anos, sem o plantio de novos brotos, apenas com a propagação natural.

    Devido à demanda reprimida pela pequena oferta e à falta de organização do mercado, os preços praticados são elevados quando comparados com outros setores de madeira. Muito provavelmente, com o aumento e melhor organização da oferta, os preços praticados serão menores e as margens menos generosas.

    Atuação do Bambu no Mercado Brasileiro

    O mercado brasileiro de bambu é muito amplo, esta gramínea capaz de se adaptar com grande facilidade a climas tropicais e subtropicais, possui muitas aplicações comerciais, como:
    • Combustível - uso do cavaco para biomassa para a geração de enegria, aquecimento de caldeiras, fornos de siderúrgicas, cerâmicas e gessarias, devido à rápida perda de umidade.
    • Construção Civil e Arquitetura
    • Agronegócio.
    • Utensílios em Geral.
    • Alimentos: Baratos,Vinhos e Licores.
    • Bambu Para Carvão.
    • Fabricação - Celulose e Papel, Álcool, Amido, Carvão, Tecido de Viscose, Entre Outros.

    O mercado de bambu ganha muito mais espaço, devido a grande versatilidade da planta, segundo dados da Embrapa, praticamente entre 10 a 20% de toda propriedade rural tem um baixo retorno econômico ou está em estado de degradação. A plantação de bambu nessas áreas (mínimo um hectare) é recomendada pela entidade, para devolver ao solo um uso de valor e aplicação viável.

    As expectativas para o mercado de bambu são as melhores possíveis, apesar da realidade brasileira ainda ser modesta, as chances de crescimento são reais, devido as inúmeras qualidades e vantagens que o bambu traz consigo.

    NOVOS PRODUTOS! CLIQUE AQUI
    voltar ao topo